Matemática Sem Fronteiras

Para inscrição clique aqui

Para regulamento clique aqui

Matemática Sem Fronteiras é a edição brasileira de Mathématiques Sans Frontières , competição criada em 1990 na França pelas seguintes instituições:

Inspection Pédagogique Régionale de Mathématiques,
IREM (Institut de Recherche sur l’Enseignement des Mathématiques)
Académie de Strasbourg

Academia de Strasburgo

http://maths-msf.site2.ac-strasbourg.fr/

Em 2010 a Rede POC recebeu o convite para realizar a competição no Brasil

Atualmente os seguintes países participam do concurso:

Áustria, Bélgica, Bulgária, Canadá, China,Egito, Emirados Árabes Unidos, Equador, França, Alemanha, Jordânia, Índia, Itália,Letónia, Líbano, Madagáscar, Polónia, República Checa, Reino Unido, Roménia,Rússia, Eslovénia, Espanha, Suécia, Suíça, Tunísia, Turquia, Hungria e os EUA

Participação de mais de 244.000 alunos e 9.500 classes

Natureza da competição

É uma competição de matemática que atinge os primeiros anos do ensino fundamental II e do ensino médio

Oferece exercícios que estimulam a imaginação, a racionalização e a formalização de situações cotidianas e também a diversão, iniciativa pessoal, organização e cooperação

Não só aumenta o potencial dos indivíduos, mas também e fundamentalmente, a capacidade do estudante para integrar e melhorar as competências em trabalhar em conjunto

É apresentado como um desafio para a classe que se difere de outras competições de matemática à disposição das escolas, porque não é direcionado apenas para os alunos que possuem altas habilidades em matemáticas, mas para toda a classe

Caracteriza-se não apenas como uma competição, mas também através da possibilidade de utilizar no ensino regular, os exercícios de anos anteriores, como uma resposta à necessidade de melhorar a abordagem dos alunos para a matemática e a aquisição da linguagem lógico-matemática

A competição é voltada para o 5º e 6º ano do ensino fundamental e do 1º e 2º ano do ensino médio

Há a conexão com o conhecimento de línguas estrangeiras já que uma questão da prova será em outra língua (Inglês, Alemão, Espanhol ou Italiano)

O tempo para a realização da prova é de 50 minutos para o ensino fundamental e de 1 hora e meia para o ensino médio

Objetivos

Aproximar:

O Brasil e outras nações


As escolas
A matemática e línguas
O ensino fundamental e o médio
Os estudantes de uma mesma classe

Incentivar:

A curiosidade e interesse pela matemática


O trabalho em equipe e capacidade de organização
A responsabilidade compartilhada para alcançar resultados
A iniciativa dos alunos
A prática de uma língua estrangeira
A imaginação e iniciativa de cada um
A oportunidade de aprender enquanto se diverte


A participação também de quem não é considerado “excelente em matemática”

Para inscrição clique aqui

Para regulamento clique aqui

Vídeo de alunos franceses participando da prova ensaio do MSF

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Kvq7S9G7sKc&feature=related]

Imagens: http://www.matematicasenzafrontiere.it/

http://www.mathematikohnegrenzen.de/

http://maths-msf.site2.ac-strasbourg.fr/

http://berzsenyi.tvnet.hu/~kulcsar/

7 Respostas para “Matemática Sem Fronteiras

  1. Pingback: Tweets that mention Matemática Sem Fronteiras | REDE POC -- Topsy.com

  2. EU GOSTARIA DE SABE QUANDO A ESCOLA FAZ A INSCRIÇÃO ELA TEM QUANTO TEMPO PARA PAGAR A TAXA DE INSCRIÇÃO. PORQUE NÓS SÓ PODERIAMOS PAGAR DEPOIS DO DIA 15 DE MARÇO

  3. E isso só pra Brsil? Eu moro na Argentina… Pode-se participar en espanhol?
    Obrigado pela resposta!

  4. Sim. A prova é única e a questão estrangeira está em todos os idiomas.

  5. Que bom que este site existe! quero contribuir, também, para a melhoria do ensino de matemática no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *