Estudantes do IFSul – Campus Santana do Livramento – RS – apresentam seu projeto de pesquisa no Edinburgh International Science Festival na Escócia

Os estudantes Tainara Rodrigues de Freitas e Gabriel Mello Cantini, orientados pela Prof. Cláudia Garrastazu Ribeiro, desenvolveram o projeto: System for low-cost residential automation that can be purchased and installed in any home in Brazil – Sistema de baixo custo para automação residencial, no IFSul – Campus Santana do Livramento – RS.

O projeto foi avaliado pela Rede POC durante a MOSTRATEC e então selecionado para compor o time que representará o Brasil na Escócia.

Mini Maker Faire é uma das inúmeras atividades do Edinburgh International Science Festival (EISF), que é um dos mais prestigiosos e tradicionais festivais científicos do mundo e o maior da Europa. Foi criado em 1989 com o objetivo de mostrar as belezas da Ciência e sua importância para nossa vida. O evento é uma iniciativa da Edinburgh International Science Festival Foundation com apoio da Prefeitura de Edinburgh, do Governo Escocês, da Universidade de Edinburgh, da Royal Academy of Engineering, da Scottish Environment Protection Agency e de várias empresas, fundações e instituições acadêmicas britânicas.

A Mini Maker Faire é um evento ligado à feira mundial Maker Faire, criada em 2006 em San Mateo, Califórnia, USA, para estimular a integração de cientistas, engenheiros, inventores, geeks, artesões, clubes de ciência, artistas, estudantes e representantes de empresas de todas as idades e níveis de escolaridade ou formação num evento para celebrar a criatividade e inventividade.

Em 2013, a MAKER FAIRE celebrou sua 8ª. Edição anual com a participação de 900 “makers” e mais de 120 mil visitantes. E a partir desse ano, foram criadas “Minis” Maker Faires em várias cidades do mundo: Detroit, Edinburgh, Kansas City, Newcastle (UK), Roma e Tóquio. A Edinburgh Mini Maker Faire de 2018 espera receber mais de 100 projetos e mais de 5 mil visitantes.

A Escócia além de ser famosa pelas suas tradições, pelo monstro do Lago Ness e pelo seu whisky, também é reconhecida mundialmente pela sua tradição em Ciência e Tecnologia. Entre inúmeros fatos, podemos lembrar que toda a tecnologia moderna é baseada na Teoria Eletromagnética desenvolvida por James Maxwell, o pioneirismo na biotecnologia com a clonagem da ovelha Dolly e o Prêmio Nobel de Física de 2013 para Peter Higgs por sua teoria que levou à descoberta de uma nova partícula elementar, concluindo uma das maiores buscas recentes da Ciência mundial.

Além disso, a Escócia é o país dos festivais, com mais de 300 eventos programados para o ano de 2018 – de Música a Ciência! E Edinburgh concentra os mais importantes, entre eles, o Edinburgh International Science Festival.

A programação é constituída de palestras, oficinas, shows, filmes, performances e exposições que ocorrem das 8h às 22h distribuídas em vários locais: City Art Centre, St Andrew Square, the Royal Botanical Gardens, National Museum of Scotland, Edinburgh Zoo, George Square Theatre e em vários museus e pontos importantes da cidade.

A Mini Maker Faire acontecerá de 10 a 15 de abril e o Brasil terá a participação de 7 instituições, de 5 estados (BA, CE, MG, RS, SP), 23 integrantes, sendo 9 professores/acompanhantes e 14 estudantes.

Os acompanhe pelo Facebook: https://www.facebook.com/AutomationIFSul/

Conheça o projeto:

This project aims to develop a complete system for low-cost residential automation that can be purchased and installed in any home in Brazil. The project takes as corpus of analysis data that evidence the increase in the number of deaths from fires resulting from overheating of appliances connected to outlets, which is the biggest cause of fires in Brazil, the growth in the number of children’s deaths due to electric shocks involving outlets, the number of disabled people and the elderly in the country, who may have motor difficulties to connect and disconnect devices from sockets, and possible decreases in the monthly energy tariff by switching off stand-by devices. From these cases, the need for a form of protection, safety and control for household power points and lamps is needed, thus the objective is to develop a low-cost electronic system and its software, in order that they have the capacity to control the state of the bulbs and the emission of load into the sockets, and consequently into the household appliances, at residential level, giving to the user the possibility of choice of when such actions will occur through the chosen time or instantaneously through a smartphone, being able to be controlled by its user from anywhere in the world. The ultimate goal is that the system is of modest value, so that it is accessible to be acquired by any person in Brazil, and to allow the achievement of safety in accidents such as electric shocks involving children, residential fires, and to provide people physically debilitated, the possibility of administering the electric energy in their homes, allowing the user to control the state of lamps and sockets using wireless communication in order to provide comfort, accessibility and economy for its users.


Gabriel Menegazzi Conceição                                                                                    Zootecnista pela Universidade Federal de Santa Maria – UFSM                               Representante internacional e editor do blog da Rede POC                                   Email: menegazzi@mail.ufsm.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *