Depoimento de Marcelle Santana – 7º Encuentro Latinoamericano de Proyectos Productivos, Ciencia, Tecnologia e Innovación

Meu nome é Marcelle Nunes de Oliveira Santana, da Escola Estadual Domingos Justino Ribeiro, em Mateus Leme, MG.

Participei do 7º Encuentro Latinoamericano de Proyectos Productivos, Ciencia, Tecnologia e Innovación, que ocorreu na cidade de Ambato, Equador, nos dias 25 a 27 de Abril de 2019.

Durante a feira, apresentei um projeto chamado “Adoçante Natural”, realizado por três integrantes: eu (Marcelle), Lavínia Stéfany Ferreira Moreira e Lavínia Cristine Guimarães. No entanto, nesta viagem, participamos somente eu e a Lavínia Stéfany. Nosso projeto teve início no ano de 2018, onde inicialmente, nossas intenções se limitavam a participar da 5ª FECITEC (Feira de Ciências e Tecnologia), feira anual fornecida para alunos da Escola Estadual Domingos Justino Ribeiro. Desde o início, pretendíamos realizar um projeto que tivesse como foco uma planta medicinal. Cogitamos várias possibilidades de plantas, até que eu dei a ideia de fazermos sobre Stévia, uma planta que só teve seus benefícios descobertos por nós após o início das pesquisas. Durante dois meses, preparamos o projeto para a FECITEC. A feira aconteceu no dia 12 de agosto de 2018.

No dia seguinte teve a premiação, não esperávamos nenhum prêmio, porém, ganhamos um troféu de melhor diário de bordo e cada integrante recebeu um certificado. Individualmente, recebi um troféu e um certificado de Aluno destaque na categoria 6º e 7º anos. Também ganhamos uma credencial para a 19ª UFMG jovem, que ocorreu entre os dias 23 e 25 de outubro de 2018, sendo que lá não fomos premiadas.

No dia 24 de abril de 2019, embarcamos no Aeroporto Internacional de Confins (Belo Horizonte, MG), em um voo com destino à cidade do Panamá. No aeroporto do Panamá, o voo marcado para minha equipe teve um pequeno atraso. Por causa disso nossa equipe encontrou outra equipe do Brasil – os meninos da FUNEC, que estavam indo para o mesmo evento que nós. Ainda no dia 24, chegamos ao Arepuerto Internacional Mariscal Sucre, em Quito, de onde já seguimos para o hotel.

Ficamos hospedados no NU House Boutique Hotel, onde fomos muito bem recepcionados pela equipe de Pernambuco e pelos funcionários do hotel. O hotel em si, era maravilhoso, com quartos extremamente aconchegantes e lindos. Meu quarto tinha uma bela vista para o comércio. Lá pudemos descansar bastante e nos acostumarmos com a diferença de altitude. À noite, durante o jantar em uma pizzaria perto do hotel, pudemos conhecer melhor as outras equipes.

Na manhã do dia seguinte, seguimos para Ambato, onde ficaríamos a maioria dos dias para o evento. Em menos de três horas, já estávamos no Hotel Portugal Vip, aguardando o café da manhã, e recebendo as orientações para os dias seguintes, através do Dr. Vargas. Enquanto esperávamos o café, pudemos conversar, e conhecemos mais uma equipe do Brasil – as meninas do CEFET.

Mais tarde, todos se instalaram em seus devidos quartos, e descansaram para mais tarde, irmos almoçar e seguir para a Universidad técnica de Ambato, para a montagem dos stands dos projetos brasileiros.

No dia seguinte, nós (eu e Lavínia) acordamos cedo, tomamos café e seguimos logo para a feira, onde passamos o dia apresentando o nosso projeto, com intervalos para almoço, e palestras muito instrutivas sobre revolução industrial 4.0. Ao final do dia, houve o encerramento com os organizadores do evento e as premiações. A melhor parte, entretanto, foram as danças dos vários países participantes da feira. Lavínia e eu havíamos preparado uma simples coreografia de Frevo, o que foi muito engraçado e irônico, pois somos mineiras e havia pernambucanos na feira. Após o Frevo, o Brasil complementou com uma quadrilha tradicional, o que confundiu um pouco os outros países, pois eles não entendiam as instruções, apesar de terem achado muito divertido, segundo os costarriquenhos que conhecemos.

Processed with VSCO with preset

Nunca vou esquecer essas amizades que fiz, e talvez nunca entenda como em tão pouco tempo, podemos gostar tanto uns dos outros. Todos que conheci nessa viagem estão guardados em um cantinho especial no meu coração, desde Rodrigo, integrante da Rede POC que nos orientou durante toda a viagem e acabou virando um querido amigo, que nos conquistou com seu humor e carinho, até os pernambucanos, com todas as suas lindas culturas e suas expressões totalmente diferentes das mineiras, e também os mineiros maravilhosos que conheci, com suas histórias e piadas inesquecíveis.

Não posso deixar de citar meus queridos amigos de outros países, que apesar de falarmos línguas tão distantes, aprendemos e ensinamos muito em pouco tempo.

Sempre me lembrarei com carinho de todos os momentos como, por exemplo, o dia que todos nos juntamos na garagem do hotel após o jantar, e ficamos dançando e conversando até muito tarde, apenas “curtindo” com nossos amigos Colombianos, Panamenses, Portorriquenhos, Costarriquenhos, Peruanos e Mexicanos. Ou então o dia que apenas nós brasileiros, ficamos com os meninos da Costa Rica, de quem mais nos aproximamos, apenas brincando e conversando até “altas horas”.

Todas as piadas internas, brincadeiras e aventuras dos passeios, como no vulcão Pechincha, que tivemos que andar abraçados para não “virarmos picolé”, ou em Baños, onde no caminho pudemos aproveitar um karaokê no ônibus recheado com as culturas dos diversos países. Até mesmo na Mitad Del Mundo vimos lhamas e tentamos equilibrar um ovo em um prego, além de comprar várias lembrancinhas dessa viagem inesquecível.

Amei cada momento dessa viagem, e agradeço a Rede POC pela ajuda e atenção. Agradeço também a Vinicius Ramos e a Rodrigo Cortines, pelo auxílio e porque foram fundamentais para nós a todo o momento. Agradeço a todos que estiveram comigo porque todos os momentos foram maravilhosos. Espero poder rever algum dia os amigos que fiz e espero poder realizar muitas mais viagens como esta.

Marcelle Nunes de Oliveira Santana – Escola Estadual Domingos Justino Ribeiro – Mateus Leme, MG.


Gabriel Menegazzi Conceição                                                                                    Representante internacional e editor do blog da Rede POC                                   Email: menegazzi@mail.ufsm.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *