Depoimento de Maria Silvera – Encontro Intercolegial e Latino-Americano de Projetos Produtivos, Ciência, Tecnologia e Inovação – Equador

Meu nome é Maria Luna Senra Silvera, sou aluna do CEFET-MG, campus I de Belo Horizonte. Em 2019 participei do Encontro Intercolegial e Latino-Americano de Projetos Produtivos, Ciência, Tecnologia e Inovação, em Ambato, no Equador. Juntamente com Laura Cristina Silva Simões e Fernanda Luísa Silva Gomes, estive presente como expositora do projeto “Avaliação do crescimento microbiano e de raízes de cebola em contato com Petiveia alliacea”, um projeto pequeno que teve início em 2017 na sala de aula e cresceu mais do que imaginávamos.

Nosso projeto começou como uma proposta feita por nossa professora orientadora Rosiane Resende Leite e à medida que fomos obtendo resultados instigantes o projeto foi sendo desenvolvido. Movido à base da curiosidade e interesse, em 2018 nos inscrevemos para a Mostra Específica de Trabalhos e Aplicações (META), sediada no CEFET, e para a Feira Brasileira de Colégios de Aplicações e Escolas Técnicas (FEBRAT), sediada na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Ambas as feiras contribuíram significativamente para enriquecer nossa experiência como estudantes e participantes de uma feira de ciências e, sobretudo, para aprendermos mais, tanto sobre outros projetos quanto sobre o nosso próprio. Foi através dessas feiras que recebemos diversas ideias e sugestões para aprimorar nosso projeto. Por essas razões já sou extremamente grata por tudo aquilo que o projeto me possibilitou.

Entretanto, em 2019 nos surpreendemos ainda mais quando recebemos um convite para participar do Encontro Intercolegial e Latino-Americano de Projetos Produtivos, Ciência, Tecnologia e Inovação. Em meio a tanta felicidade nos apreçamos para pedir auxílio a nossa instituição e arrecadar dinheiro para que todas pudéssemos ir. Esforço este que foi recompensado mais do que eu poderia imaginar.

É claro que eu estava muito feliz e ansiosa por estar apresentando um projeto próprio em uma feira internacional e sabia que seria uma experiência incrível, mas isso não chegou nem perto do que realmente aconteceu.

A Rede POC nos deu apoio em tudo o que precisamos antes e durante a viagem. Os organizadores que nos acompanharam foram extremamente gentis e atenciosos, nos fazendo sentir seguros e completamente à vontade em relação a tudo.

Aterrissamos em Quito, mas no dia seguinte fomos para Ambato onde tivemos nosso primeiro contato com o local da feira e com os integrantes das demais delegações. A feira em si ocorreu em um dia, quando pudemos apresentar nosso projeto para dezenas de pessoas com conhecimentos de mundo distintos do nosso e em outra língua, o espanhol, o que se mostrou ainda mais desafiante. O dia da feira foi marcado por palestras extremamente interessantes e com temas atuais. Foi durante este dia que pudemos ver os projetos das demais delegações e averiguar a grande variedade de ideias, aplicações e origens, frutos da grande diversidade geográfica e cultural reunida durante a feira.

Como finalização deste dia incrível, todas as delegações fizeram uma apresentação cultural com danças características de seus países, fiquei encantada com cada uma delas, todas muito bem organizadas, extremamente ricas e com o objetivo de compartilhar um pouco de cada cultura.

No dia seguinte, a organização da feira promoveu um dia de passeios com todas as delegações por Ambato e arredores, pudemos conhecer a linda Ciudad de Baños e o centro comercial de Ambato. Os passeios por si só foram incríveis, mas a confraternização que fizemos no ônibus durante os passeios foi ainda melhor, passamos toda a viagem conversando e cantando com as demais delegações. À noite, após o jantar, todos os estudantes de todas as delegações se reuniram na garagem de nosso hotel e passamos a noite cantado e dançando, nos revezando para mostrar e ensinar músicas de nossos países e aprender outras. E posso dizer que estas serão talvez as melhores lembranças que guardarei desta viagem.

 

No dia seguinte nos despedimos das demais delegações e voltamos a Quito onde conhecemos La Mitad Del Mundo, onde a Linha do Equador cruza a cidade, e subimos de teleférico até o vulcão, onde pudemos ter uma vista maravilhosa da cidade. Complementando assim uma viagem de passeios incríveis que nos permitiu conhecer lugares maravilhosos.

Acredito que todos os brasileiros tenham iniciado a viagem um pouco receosos de serem os únicos a não falarem espanhol em meio a todos os outros integrantes da feira, que apesar de serem de países diferentes possuem muitos aspectos culturais em comum. Entretanto não foi o que aconteceu, apesar de algumas dificuldades iniciais durante a comunicação e a necessidade de alguém que entendesse ambas as línguas, no fim estávamos todos conversando e nos entendendo como se não houvesse esta “barreira linguística”.

Sendo assim, em meio a toda esta exposição e mistura cultural posso dizer, sem a menor sombra de dúvidas de que meu aspecto favorito nesta viagem foram as diversas pessoas que conheci dos diversos países, pessoas incríveis das quais sempre lembrarei com muito carinho e saudade.

Falando de pessoas, não posso esquecer os meus colegas brasileiros, com quem criei um vínculo inesperadamente rápido e profundo, talvez consequência da experiência conjunta, mas sobretudo das ótimas pessoas que eles são. Se com as demais delegações eu me senti entre amigos com a delegação brasileira eu me senti em família.

E acho que só há uma maneira de finalizar este depoimento: agradecendo – agradecendo as minhas amigas e companheiras de projeto, a nossa professora orientadora e a rede POC sem os quais esta viagem nunca teria acontecido, aos meus companheiros brasileiros que me acolheram tão bem em tão pouco tempo e a todos os que conheci. Pois foi graças a todas essas pessoas que esta viagem ficará para sempre guardada na minha mente e no meu coração.

Maria Luna Senra Silvera – CEFET-MG, campus I – Belo Horizonte


Gabriel Menegazzi Conceição                                                                                    Representante internacional e editor do blog da Rede POC                                   Email: menegazzi@mail.ufsm.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *