Depoimento de Paulo Henrique – Feira lationoamericana do Equador

Era uma noite de Domingo e eu estava em um restaurante próximo de casa, quando o celular apitou e eu percebi que era um e-mail que havia chegado. Quando li a mensagem era a carta-convite para participar da feira do Equador, foi uma alegria muito grande. A gente sabia que não ia ser fácil conseguir participar do evento devido a nossas limitações financeiras, mas acendeu em nós uma esperança grande de poder ir.

Assim que li a carta mais que depressa avisei do ocorrido nos grupos de WhatsApp da nossa secretaria, todos os dirigentes ficaram muito felizes e satisfeitos e prometeram nos ajudar. A secretaria então apesar de um esforço grande, conseguiu apenas uma parte do dinheiro necessário para custear a viagem, e diante desse fato, amigos nos deram a ideia de buscar apoio na Câmara dos Vereadores. Fizemos uma carta e levamos para que os vereadores nos ajudassem.

Com o passar do tempo o subsecretário conseguiu apoio de uma empresa que nos patrocinou com o restante do dinheiro, a Online. Diante das aquisições fomos então em busca da documentação necessária e dos trâmites para a viagem – obtenção do passaporte, carteira de identidade, documentação na justiça, compra das passagens, reserva dos hotéis, etc.

No dia da viagem estávamos muito empolgados e felizes, fomos de BH a São Paulo de ônibus, depois pegamos um voo pra Quito, com uma escala no Panamá.

Chegando em Quito, fomos muito bem recepcionados no aeroporto pelo Rodrigo Cortines da Rede POC, depois nos encaminhou para o Hotel e nos conduziu para almoçar. Logo depois já programou um passeio extra com a gente naquela mesma tarde. No hotel também conhecemos o Vinícius, outro membro da Rede POC que nos auxiliou durante toda a nossa estadia.

Tudo ocorreu muito bem, a equipe nos deixou seguros e tranquilos em relação a toda a programação do evento e nos deu um suporte muito pontual em tudo o que precisávamos.

A feira contou com a participação de outros países e isso foi uma experiência de riqueza inigualável para todos nós. Pois além de termos acesso a trabalhos muito ricos, pudemos conviver com diferentes culturas, o que foi riquíssimo para o nosso crescimento cultural e pessoal.

O Equador é um país belíssimo, com muita cultura, uma gastronomia muito rica, com pessoas simples e hospitaleiras.

Poder participar de uma feira no exterior é a concretização de um verdadeiro sonho! A Rede POC atua muito bem como mediadora desse sonho em realidade. Recomendo a todos!

Paulo Henrique


Gabriel Menegazzi Conceição                                                                                    Representante internacional e editor do blog da Rede POC                                   Email: menegazzi@mail.ufsm.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *