Arquivos da categoria: Geral

Chamada de ideias e sugestões – MSF

Evento online: Bingo – Math Quiz – Inscrições gratuitas até 19/04

Links:

https://forms.gle/uTVbhJyBQQRzfqPe8

http://bingoresult.zyrosite.com


 

COMUNICADO: Alteração do Calendário MSF – BRASIL 2020

Fique em casa!

Inscrições abertas para a Olimpíada Internacional Matemática Sem Fronteiras

Esclarecimento atrasos de medalhas (Wirecard)

Prezados (as) professores (as)
Gostaríamos de esclarecer que devido a um erro de sistema do intermediador de pagamento – WIRECARD, alguns pedidos não constaram como pagos pelo sistema. Devido a esse erro, não foi possível a confecção das medalhas, o que levou a um atraso inadmissível. A Rede POC assume total responsabilidade pelo ocorrido, e já tomamos as providências devidas.
Grato pela atenção e sem mais para o momento.

Prof. Vinícius Ramos                                                                                                  Diretor Rede POC

Feliz 2020

Depoimento de participação no LIYSF 2019 – Davi Martins

Meu nome é Davi Martins, tenho 17 anos, residente e domiciliado em Capela/AL. Em 2016 comecei a estudar em Satuba/AL, para fazer os Ensinos médio e técnico, no Instituto Federal de Alagoas – Campus Satuba. Por incrível que pareça os três anos mais promissores da minha vida, ensino gratuito e de qualidade que me levou a conhecer outros horizontes.
Não lembro o dia, mas lembro de que no mês de julho de dois mil e dezesseis um professor do Campus Satuba me convidou para desenvolver um projeto de sua autoria intitulado “Ensino de Física e Experimentação – Renovando Ideias e Equipamentos”.
Naquele momento um turbilhão de ideias pulularam no meu cérebro e agarrei a proposta com unhas e dentes.
Fomos ao laboratório de Física do Instituto para desenvolver seu novo experimento e a cada instante eu acreditava em um novo amanhã e desenvolvia o projeto com a orientação do professor e sonhava com novas perspectivas.
Naquele laboratório o pensamento movimentava energia e promovia uma nova reação no meu interior.
Em 2018 apresentamos o invento em Inovação Tecnológica, na feira de Ciências da SBPC, na Universidade Federal de Alagoas.
E quão não fora a surpresa!
Fomos agraciados como destaque.

Certo dia estava a olhar a caixa de mensagens do e-mail e pasmem vi um e-mail da Rede POC onde o projeto fora um dos selecionados para participar do LIYSF (London International Youth Science Forum). Pensei que estava sonhando – “Gente só me acordem em Londres, porque participarei de um evento no outro lado dos oceanos.” Após a euforia caí nas malhas da incerteza.
Mas, a incerteza não é algo concreto, ela está em nossas vidas.
E nossa vida às vezes paralisa diante do panorama.
Mas, a incerteza é inferior aos sonhos.
E quando nos deparamos com esta situação temos o binômio parar ou correr e nenhum sonho jamais fora ceifado quando não corremos atrás de nossos objetivos.
Porque cada instante de eu quero, é um sopro de energia, de abraçar nossas esperanças, de segurar na mão divina, contar com a família, encontrar amigos e seguir a jornada…
E aí? Quando recebi a carta convite da Rede POC para participar do maior evento de física do mundo…
Alegria, sonhos, incerteza, desesperança… Deixei para lá esses substantivos não auspiciosos e começamos toda o processo, tipo via crucis para conseguir fazer a viagem internacional, passaporte, reuniões, vaquinha on-line, vacinas, passagens, moeda estrangeira, enfim, um novo panorama nos preparativos da viagem.

Então o pesadelo se materializou no formato de mais de vinte e dois mil reais…
De novo o binômio parar ou ir?
E você imagina o quê?
Todos os empecilhos inerentes a uma corrida para chegar ao pódio: cansaço, fadiga, exaustão, muitos nãos, muitos sins…
Corri com todo fôlego para que a idealização se transformasse em realidade.
Nesta batalha fiz a junção de cada um que contribuiu e me fez diminuir no percurso.

O tempo voando e descortinando a névoa da incerteza e neste ínterim materializou-se a realidade com as orientações da Rede POC.  Quando percebi estava no aeroporto indo participar LIYSF 2019.  Ao chegar no aeroporto de Zumbi dos Palmares com pessoas queridas ao meu lado, não era sonho, e sim realidade. Voei para um destino não ignorado, mas sabido cheio de ansiedade.

Ao chegar a Londres me senti seguro porque o pessoal da Rede POC estava me aguardando e prontos para dar-me todo o apoio possível e necessário.

Aquela experiência no LIYSF é ímpar, porque participar de um evento deste naipe com apenas 17 anos, oriundo da região nordeste, do Estado de Alagoas, da cidade de Capela me deixa orgulhosíssimo porque foram 15 dias (três turnos) de fórum muito intenso, com inúmeras palestras de ícones da ciência, inovação e outras áreas do conhecimento abordando assuntos diversificados e participando de visitas técnicas em grandes instituições, como a Universidade de Oxford e vivenciar as culturas de outros sessenta e cinco países, nossos amigos internacionais.

O evento do LIYSF é o maior fórum científico do mundo, estruturado, organizado e com profissionais comprometidos. Aqueles dias em um mundo científico são histórias para contar, recontar e compartilhar com o outro, sobretudo com jovens de escolas públicas sonhadores que sonham ampliar seus conhecimentos. Meus agradecimentos à Secretaria do Estado da Ciência e Tecnologia e inovação, à Prefeitura de Capela, a cada um que contribuiu e dos os envolvidos no evento LIYSF 2019, e a Rede POC por todo o apoio prestado e ponte feita para que pudesse participar desse evento. Porque aquele evento de julho a agosto de 2019 ficará registrado na minha memória e em todos os partícipes do evento que terão um outro olhar.
Sonhe sem fronteiras, sem limites, sem parâmetros…
Então lembrei de Genuzi, que em um de seus escritos afirma que o caminho é a educação e que ela nos faz voar nas asas do vento.
Eu, Davi Martins com a tríade sonho, garra e perseverança estive em Londres com a permissão de Deus, o sorriso, as palavras de otimismo e a contribuição de cada um.

Davi Martins – Capela/AL


Gabriel Menegazzi Conceição                                                                                    Representante internacional e editor do blog da Rede POC                                   Email: menegazzi95@gmail.com

World Mathematics Team Championship – Beijing – China

Uma delegação com 164 estudantes brasileiros de 22 escolas públicas e privadas, acompanhados de 60 professores, foram à China para participar do 10° World Mathematics Team Championship (WMTC), que aconteceu de 21 a 25 de novembro em Beijng. Os brasileiros, de 11 Estados de todas as regiões do Brasil, competiram com colegas de outros cinco países – China, Austrália, Filipinas, Malásia e Bulgária, além de 21 cidades da China, além de Hong Kong e Macau. No total participaram da competição 1100 estudantes divididos em 170 times, dos quais 34 eram brasileiros.

Confira um pouco do evento:


Gabriel Menegazzi Conceição                                                                                    Representante internacional e editor do blog da Rede POC                                   Email: menegazzi95@gmail.com

Do Preventório para a História: A Educação possível e de qualidade

Acabamos de voltar de Pequim, após uma participação na décima edição da Olimpíada Internacional “World Mathematical Team Championship” onde o nosso time de Meninas concorreu com Australia, Bulgária, Filipinas, Malasia, Hong Kong , Macau, além de 21 cidades da China. Foram 1100 estudantes e 170 times no total sendo 160 estudantes brasileiros de 34 times.

Tenho a alegria de criar e de coordenar este projeto Meninas Olímpicas IMPA no Matemático desde 2018 a partir de iniciativa do IMPA que abriga mais quatro outras escolas.

Parabéns a esta Equipe de Meninas que obteve a melhor classificação entre TODAS as Equipes brasileiras que concorreram em Pequim, detentora do 9° lugar na classificação final sendo a única Equipe brasileira classificada no TOP10 da WMTC 2019, a única Equipe brasileira a receber o troféu WMTC TOP10 2019.

É a força de um projeto de educação que atua em escola pública ESTADUAL de uma comunidade da periferia do Grande Rio (o Morro do Preventório em Charitas, Niterói), estimulando a presença feminina nas Ciências, e na Matemática em particular, usando uma metodologia que objetiva melhorar o desempenho matemático de estudantes com dificuldades nesta área e que democratiza as oportunidades porque não prioriza a seleção de estudantes que possuam alto rendimento em Matemática. Não os exclui mas recebe todo estudante, principalmente aquele que tem dificuldades e quer melhorar e transformar o seu próprio futuro.

Tal é o projeto “Meninas Olímpicas IMPA no Matemático”, único detentor brasileiro do troféu WMTC TOP10 2019, a melhor Equipe brasileira entre todas as participantes do WMTC 2019.

Agradecimentos

À Direção do Matemático; àqueles colegas Professores e servidores que incentivam a apoiam; ao IMPA; ao Governo do Estado que viabilizou passagens aéreas e custos do evento; à SEEDUC; a Parlamentares da ALERJ e à Comissão de Educação pelo incentivo e providências importantes; aos que compraram rifas e docinhos e ou foram aos bazares; a todos e todas que colaboraram de alguma forma e, principalmente, às Famílias que confiaram os seus bens mais preciosos; às MENINAS que acreditaram e estão transformando o seu próprio futuro. E a Deus que orienta estas ações desde o começo.


Por Cicero Avelino                                                                                                    Professor do C E Matemático Joaquim Gomes de Sousa Intercultural Brasil-China.